cdc87e_d38b1278d37a4ffc85fed5123503499a_ (1).webp

Homem é preso com pornografia infantil 
e PF investiga se doces eram para atrair crianças

VANESSA FERNANDES

Editoria de NOTÍCIAS - 17/12/21, às 09h20min

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Policiais federais realizaram, na manhã desta quinta-feira (16), uma operação que investiga a produção, divulgação e transmissão de pornografia infantil no Espírito Santo. Um homem foi preso em flagrante.

A Operação Abutre cumpriu um mandado de busca e apreensão em Boa Esperança, no Noroeste do ES. Durante as buscas, foi encontrado material contendo exploração sexual infantil, o que gerou a prisão em flagrante do homem de 38 anos.

O nome do preso não foi divulgado. Os agentes também encontraram preservativos e doces na casa dele. A Polícia Federal vai investigar se os doces eram usados para atrair crianças.

 

"Trata-se de um dos piores crimes existentes, praticados pelos piores predadores. É possível que os doces encontrados no local sejam utilizados pelo suspeito para atrair suas vítimas, que são crianças.
 
Isso será objeto de investigação" disse o delegado Eugênio Ricas, superintendente da Polícia Federal no ES.
 
Segundo a PF, o trabalho é decorrente de cooperação técnica-investigativa entre o Serviço de Repressão aos Crimes de Ódio e Pornografia da corporação e o National Center for Missing and Exploited Children (NCMEC), que informa o órgão central de Brasília quando há indícios de criminosos atuando no Brasil.

A PF divulgou que a Operação Abutre inaugurou um novo método de investigação que otimiza as buscas de indícios realizadas a partir das comunicações produzidas neste tipo cooperação internacional.

O objetivo da ação desta quinta, além do cumprimento da medida judicial, é colher elementos de prova que identifiquem outros suspeitos envolvidos ou outros crimes ainda mais graves, como estupro de vulneráveis, seguido do seu registro, divulgação ou armazenamento de imagens. 

 

O homem preso em flagrante responderá pelos crime de posse ou armazenamento de material pornográfico envolvendo criança ou adolescente e poderá responder por produzir, transmitir e ainda, caso seja possível identificar vítimas, por estupro de vulnerável, com penas que somadas podem chegar até 33 anos de prisão.

Fotos dos materiais apreendidos
NOTÍCIA EXTRAÍDA DO SITE G1/GOOGLE
pf1.jpeg
WhatsApp Image 2021-09-02 at 09_01_46 (1).webp
WhatsApp Image 2021-12-14 at 13.00.33 (1).jpeg
WhatsApp Image 2021-11-15 at 10.00.24.jpeg
BOX Êxodo.jpg
f6a4ffdf-a412-4e2d-9a8b-c60c0bcadee1.jfif
WhatsApp Image 2021-10-20 at 13.47.36.jpeg
WhatsApp Image 2021-03-29 at 10_22_56_jp.webp
WhatsApp Image 2021-10-20 at 10.35.36 (2).jpeg
WhatsApp Image 2021-10-27 at 10.44.29 (1).jpeg
WhatsApp Image 2021-09-08 at 13.57.15.jpeg